Atualidades, mundo, conteúdos diversificados.

Caxumba

caxumba-1.jpg

Recentemente estava com suspeita de Caxumba, no entanto resolvei saber mais a fundo do que se tratava, sendo que não se fala mais em Caxumba faz, alguns anos.

A Caxumba é uma doença de transmissão respiratória, causada pelo vírus da Caxumba,vírus da família Paramyxoviridae, gênero Rubulavírus. É uma doença viral aguda que se caracteriza por febre, inchação e dor ao tato de uma ou mais glândulas salivares, em geral a parótida, e às vezes as sublinguais ou submaxilares, podem também se manifestar: pancreatite, neurite, artrite, mastite, nefrite, tireoidite e pericardite.

A infecção, na maioria das vezes, produz sintomas discretos ou ausentes (assintomática). As manifestações mais comuns, quando ocorrem, são aumento das glândulas salivares (parotidite), febre repentina, náuseas e inchaço de uma ou mais glândulas salivares, mais comumente aquelas localizadas no ângulo da região maxilar (parótidas). O inchaço que atinge seu máximo em 24 horas, pode durar de 07 a 10 dias.

Afeta principalmente crianças entre 5 e 10 anos de idade. Algumas vezes, pode causar danos ao sistema nervoso central (incluindo meningite), e – muito raramente – infecção dos testículos, o que pode causar esterilidade em adolescentes do sexo masculino.

A Caxumba acomete as glândulas próximas aos ouvidos, tornando-as inchadas e doloridas, bem como causa calafrios, dor de cabeça, anorexia, dor muscular, febre e dor ao mastigar ou engolir. A caxumba pode durar uma semana ou mais.

A suscetibilidade à Caxumba é geral. A imunidade pode ser permanente e surge depois de infecções inaparentes e clínicas. Muitos adultos podem ter sido infectados por mecanismos naturais e ser considerados imunes, apesar de não terem manifestado a doença.

Contra-indicada nas pessoas imunodeficientes e nas mulheres grávidas. Uma contra-indicação relativa é a hipersensibilidade intensa à proteína de ovos, que, neste caso, a vacina deverá ser aplicada unicamente sob supervisão médica.

Como não há medicamentos específicos para a doença, são indicados alguns cuidados, como repouso, uso de analgésicos e observação de possíveis complicações. Se houver encefalite, tratar o edema cerebral e manter as funções vitais. No caso de ocorrência de orquite, deve ser feito um tratamento de apoio com aplicação de bolsas de gelo, suspensórios escrotal e analgésicos ou antiinflamatórios. Para a pancreatite, apenas tratamento sintomático e hidratação parenteral, caso necessária.

Anúncios

Comentários em: "Caxumba" (3)

  1. ola sou a …Vilce
    meu filho tem um ano e seis meses e esta com suspeita de caxumba e esta fazendo tratamento pra peumonia (pomtada) que cuidados posso tomar?…..

  2. tadinha das pessoas que tem caxumba deve ser muito ruim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: